Psicologia

Nome do Curso: Bacharelado em Psicologia

Objetivo: A concepção do projeto do curso baseia-se no entendimento de que o indivíduo se desenvolve na interação com o outro para que ocorra o processo ensino-aprendizagem e consequentemente a Formação do Psicólogo na FBJ. Possui um currículo dialogante, discutindo o afeto e os limites da lógica, incertezas, a inclusão do ser humano em sua diversidade, por meio da promoção de um estudante crítico e autocrítico.

Perfil do Formando: Para uma formação do estudante crítico e reflexivo sobre os comportamentos humanos, o projeto do curso está em consonância com o Art 3º da Resolução Nº 5 de 2011 que tem como princípios e compromissos desenvolver as habilidades de:
a) Construção e desenvolvimento do conhecimento científico em Psicologia;
b) Compreensão dos múltiplos referenciais que buscam apreender a amplitude do fenômeno psicológico em suas interfaces com os fenômenos biológicos e sociais;
c) Reconhecimento da diversidade de perspectivas necessárias para compreensão do ser humano e incentivo à interlocução com campos de conhecimento que permitam a apreensão da complexidade e multideterminação do fenômeno psicológico;
d) Compreensão crítica dos fenômenos sociais, econômicos, culturais e políticos do País, fundamentais ao exercício da cidadania e da profissão;
e) Atuação em diferentes contextos considerando as necessidades sociais, os direitos humanos, tendo em vista a promoção da qualidade de vida dos indivíduos, grupos, organizações e comunidades;
f) Respeito à ética nas relações com clientes e usuários, com colegas, com o público e na produção e divulgação de pesquisas, trabalhos e informações da área da Psicologia;
g) Aprimoramento e formação contínua.

Desta forma, busca-se uma formação que não se restringe à dimensão técnica do exercício profissional, mas, fundamenta-se em referenciais éticos que preparem o estudante para atuar profissionalmente, como um cidadão comprometido com o destino de sua comunidade e do seu país.
Isso implica a necessária interface entre o global e o local, no entendimento de como se dá o conhecimento produzido em diferentes contextos para a compreensão dos fenômenos e problemas que ganham especificidades no contexto regional.

Campo de Atuação: Os futuros psicólogos e psicólogas estarão aptos a desenvolver trabalhos nos mais diferentes contextos que atualmente requerem a necessidade do profissional da área, seja em hospitais, escolas, empresas, consultórios, esportes, políticas públicas, dentre outros. A atuação requererá:

a) Analisar o campo de atuação profissional e seus desafios contemporâneos;
b) Analisar o contexto em que atua profissionalmente em suas dimensões institucional e organizacional, explicitando a dinâmica das interações entre os seus agentes sociais;
c) Identificar e analisar necessidades de natureza psicológica, diagnosticar, elaborar projetos, planejar e agir de forma coerente com referenciais teóricos e características da população-alvo;
d) Identificar, definir e formular questões de investigação científica no campo da Psicologia, vinculando-as a decisões metodológicas quanto à escolha, coleta, e análise de dados em projetos de pesquisa;
e) Escolher e utilizar instrumentos e procedimentos de coleta de dados em Psicologia, tendo em vista a sua pertinência;
f) Avaliar fenômenos humanos de ordem cognitiva, comportamental e afetiva, em diferentes contextos;
g) Realizar diagnóstico e avaliação de processos psicológicos de indivíduos, de grupos e de organizações;
h) Coordenar e manejar processos grupais, considerando as diferenças individuais e socioculturais dos seus membros;
i) Atuar inter e multiprofissionalmente, sempre que a compreensão dos processos e fenômenos envolvidos assim o recomendar; Relacionar-se com o outro de modo a propiciar o desenvolvimento de vínculos interpessoais requeridos na sua atuação profissional;
j) Atuar profissionalmente, em diferentes níveis de ação, de caráter preventivo ou terapêutico, considerando as características das situações e dos problemas específicos com os quais se depara;
k) Realizar orientação, aconselhamento psicológico e psicoterapia;
l) Elaborar relatos científicos, pareceres técnicos, laudos e outras comunicações profissionais, inclusive materiais de divulgação;
m) Apresentar trabalhos e discutir ideias em público;
n) Saber buscar e usar o conhecimento científico necessário à atuação profissional, assim como gerar conhecimento a partir da prática profissional.

Informações sobre o curso:

O curso de psicologia da FBJ foi implantado em 2015.2 na modalidade presencial, noturno e com aulas aos sábados (agendadas previamente). Possui eixos temáticos em cada período que promovem a interlocução teoria/prática apresentando-se da seguinte forma:
1º Período: Concepção de Ser Humano e as Bases Epistemológicas da Psicologia
2º Período: Compreensão do Ser Humano sob o Olhar da Psicologia
3º Período: Fenômenos e Processos Psicológicos
4º Período: Psicologia Social e Comunitária
5º Período: Psicologia e Processos Organizacionais
6º Período: Psicologia Clínica e Saúde Mental
7º Período: Psicologia e Processos Educacionais
8º Período: Psicologia e Processos Metodológicos
9º Período: Práticas Profissionais
10º Período: Práticas Profissionais

Desde o 1º período há a promoção de práticas integradoras que permitem ao estudante desenvolvimento de pesquisas científicas e contato com a prática desenvolvida por psicólogos e psicólogas nos mais diferentes contextos.

Outro diferencial do curso é a oferta de três ênfases de estágios supervisionados: educação, gestão e clínica. A Resolução do CNE/CES nº 5 de 2011 a IES deve oferecer pelo menos duas, mas objetivando uma maior vivência, assim como a construção de competências e habilidades profissionais mais amplas a instituição oferecerá as três ênfases indicadas:

1 – Psicologia e processos educativos, que compreende a concentração nas competências para diagnosticar necessidades, planejar condições e realizar procedimentos que envolvam o processo de educação e de ensino-aprendizagem através do desenvolvimento de conhecimentos, habilidades, atitudes e valores de indivíduos e grupos em distintos contextos institucionais em que tais necessidades sejam detectadas;

2 – Psicologia e processos de gestão, que abarca a concentração em competências definidas no núcleo comum da formação para o diagnóstico, o planejamento e o uso de procedimentos e técnicas específicas voltadas para analisar criticamente e aprimorar os processos de gestão organizacional, em distintas organizações e instituições;

3 – Psicologia e processos clínicos, que envolve a concentração em competências para atuar, de forma ética e coerente com referenciais teóricos, valendo-se de processos psicodiagnósticos, de aconselhamento, psicoterapia e outras estratégias clínicas, frente a questões e demandas de ordem psicológica apresentadas por indivíduos ou grupos em distintos contextos.

Nome do Coordenador do Curso: Ma. Vanessa Cavalcanti de Torres
Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4203450Y8

Projeto Político Pedagógico